Workshop traz subsídios a empresas de Tecnologia da Informação

Workshop traz subsídios a empresas de Tecnologia da Informação

Integrantes do Núcleo Setorial de Tecnologia da Informação, vinculdo à Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit), participaram na tarde de terça-feira (17), do Workshop de Inovação – Oportunidades e Desafios para empresas de TIC, realizado em parceira com o Sebrae/PR e Arranjo Produtivo Local (APL) Iguassu-IT.

Foram apresentados dados de diagnótico feito em empresas do segmento de TI na Regional Oeste do Sebrae e APL Iguassu (que integra grupo de empresas do setor), além de um estudo de empresa de consultoria especializada, de Curitiba, referente a cenários econômicos para o setor.

Conforme o consultor Nikolas Zeni Kretzmann, credenciado do Sebrae, o objetivo foi trazer subsídios aos empresários. “São informações importantes para que os empresários possam utilizar no planejamento estratégico e melhorar as tomadas de decisões para o próximo ano. Estando mais preparadas, as empresas poderão realizar ações com mais segurança e aumentar o nível de competitividade no mercado”, apontou.

Conforme o consultor, o segmento de TI é que mais atua com inovação e considerado uma transversal em quase todos os negócios. “Diversos setores, o próprio varejo, além da indústria, agronegócio, acabam se baseando nas empresas de TI para implantar processos de controle de gestão e alavancar resultados”, exemplifica.

Segundo ele, o setor de TI sofreu impactos com o cenário econômico neste ano, mas também teve um crescimento significativo. “Assim como foi este ano, de muitas incertezas, para 2016 não sabemos o que está por vir. O setor está bem consolidado e precisam estar mais fortes e competitivos na hora de encarar o que vem pela frente”, diz.

Melhorar práticas

Os números apresentados no Workshop fazem parte do Programa de Competitividade do Sebrae, em parceria com o APL Iguassu IT . Foram avaliados cinco temas principais: Clientes e Mercado, Finanças, Gestão de Pessoas, Gestão de Processos e Inovação.

Conforme a empresária do Núcleo de TI e diretora do Programa Empreender, Anaide Holzbach de Araújo, com esses indicadores cada empresário consegue comparar seus resultados com a melhor prática e com a média regional, e, com base nisso, poderá fazer os ajustes que considerar necessários para melhorar sua gestão.

Ela destaca ainda que a Inovação tem estado cada vez mais presente nos negócios e tem se mostrado fundamental para o crescimento das empresas do setor de TI, seja na gestão ou em novos produtos. “É um conceito que faz empresários e colaboradores serem desafiados a entregar resultados cada vez mais produtivos, inclusive aos seus clientes, através dos softwares produzidos e serviços oferecidos”, afirma.

REDES SOCIAIS

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e fique
por dentro de tudo que acontece.