Núcleo de Gastronomia recebe minipalestra sobre Educação Emocional

Núcleo de Gastronomia recebe minipalestra sobre Educação Emocional

Bastante atual, a temática ‘Educação Emocional’ é vista como fundamental em qualquer organização e principalmente na relação entre empresário e colaborador. Para isso, mais uma vez o Programa Empreender, da Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit), trouxe o tema em pauta. Desta vez, quem recebeu minipalestra sobre o assunto foi o Núcleo de Gastronomia, na manhã de quarta-feira (25).

O encontro foi conduzido pela psicóloga e coach, Stela Dalla Vecchia Meneghini. Ela falou sobre a competência que ajuda a entender e administrar as emoções de forma mais assertiva.

Entre os temas abordados, estiveram: benefícios da educação emocional, as dificuldades que pessoas que não têm a educação emocional enfrentam, as cinco emoções naturais (medo, afeto, raiva, tristeza e alegria), a diferença entre emoção e sentimentos, a importância de perceber as emoções e os gatilhos que causam cada emoção e a educação emocional na infância.

Para a psicóloga, os gestores de empresas devem estar cientes da importância da educação emocional no dia a dia. “O tema é bem relevante às pessoas que precisam administrar as emoções no ambiente de trabalho e também entender mais sobre os colaboradores, incluindo o reconhecimento nas relações profissionais, fato que auxilia no bem-estar da equipe e satisfação”, frisa.

A integrante do Núcleo de Gastronomia, Josiane Menin, comenta que o assunto em pauta foi bastante válido, servindo como molde para bons líderes. “Com isso, é possível obter melhores rendimentos dos liderados, maiores resultados e mais satisfação pessoal. Desta forma, uma boa educação emocional proporciona uma vida mais saudável e psicologicamente mais feliz.”

Stela Meneghini ressalta como a educação emocional pode impactar na vida dos empresários. “Com a gestão é possível conhecer as próprias emoções e as de quem está por perto, perceber a intensidade das emoções, perceber o que ocasiona cada gatilho de emoção, dar conta das próprias emoções, entender de que maneira as emoções influenciam as pessoas e assumir responsabilidades pelas consequências das emoções”, conclui a psicóloga.

REDES SOCIAIS

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e fique
por dentro de tudo que acontece.