Conselho Maior da Acit discute assuntos estratégicos

Conselho Maior da Acit discute assuntos estratégicos

A Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit) promoveu reunião com o Conselho Maior, composto por ex-presidentes da entidade, na manhã de quarta-feira. Conduzido pelo atual presidente Flávio Furlan, o encontro contou com 12 dos ex-dirigentes da entidade e discutiu assuntos estratégicos de interesse do empresariado e do município.

Na pauta estavam assuntos como o documento a ser entregue aos candidatos ao cargo de prefeito para a próxima eleição, o andamento das obras do Aeroporto Municipal Luiz Dalcanalle Filho, a participação no da entidade no Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (Comdet) e no Observatório Social de Toledo (OST), entre outros temas.

No documento aos candidatos são expostas sugestões para compor o plano de governo aos postulantes aos cargo de prefeito. De acordo com o presidente da Acit, Flávio Furlan, a expectativa da entidade como representante da classe empresarial é que as ações do futuro prefeito sejam direcionadas ao fomento dos setores do comércio e indústria e ao crescimento do município.

Entre as sugestões, no aspecto de desenvolvimento econômico, a entidade aponta dotar o Comdet com orçamento para a realização das suas ações, incentivar a instalação de novas empresas, ampliar a fiscalização da atuação de ambulantes no município; instalar e dotar de recursos orçamentários um parque tecnológico em Toledo; instalar incubadoras industriais, com rígida administração e assessoria às empresas incubadas, entre outras.

Também estão elencadas sugestões nas áreas de  trânsito e transporte público, educação, saúde, agricultura e pecuária, meio ambiente, serviços e obras públicas, segurança, esporte e lazer.

Desenvolvimento

O Conselho Maior debateu de que forma a Acit pode participar mais efetivamente do Comdet para que as ações sejam implementadas. "Seguindo os exemplos de Maringá, Foz do Iguaçu e Cascavel, que têm conseguido desenvolver ações que realmente fazem a diferença nestes municípios, pretendemos apoiar o conselho mais efetivamente para que isso se torne realidade aqui também", explica.

Outra discussão foi sobre a participação no Observatório Social. "Discutimos a importância da atuação do Observatório Social, especialmente a necessidade de buscar mais pessoas experientes, com conhecimento e discernimento necessário para fazerem parte do órgão, para que funcione de modo efetivo, assim como o Comdet, pela sua relevância para o município", ressalta o presidente da Acit.

Os integrantes do Conselho Maior também discutiram sobre o andamento das obras do Aeroporto Municipal. A Acit entrou na parceria com a administração e investiu com cerca de R$ 300 mil para equipar o aeroporto e toda esta parte está concluída, com a instalação da esteira para bagagens, raio-X, entre outros equipamentos. "Estamos no aguardo, as obras já deveriam ter sido concretizadas. A Acit já disponibilizou e colocou para funcionar os equipamentos de sua responsabilidade. Encaminharemos uma correspondência formal de questionamento à administração municipal sobre uma posição concreta de quando vamos poderemos fazer nosso tão sonhado voo inaugural", destaca Flávio.

Experiência

O Conselho Maior tem como atribuição discutir temas estratégicos e as reuniões acontecem a cada seis meses. "Os encontros são de grande importância. A intenção é que esta participação se torne mais efetiva nas questões de relevância para a entidade e município. São pessoas fantásticas, com grande bagagem, que já passaram pela experiência na presidência da Acit e que sentimos falta delas", salienta Flávio.

Ente os ex-presidentes da Acit presente no encontro estavam  Albino Corazza, Ernesto Boettcher, Augusto Sperotto, Marcos Sanchez, Alceu Dal Bosco, Rainer Zielasko, Solange Martins, Joel Loh e Walmor Lodi. 

REDES SOCIAIS

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e fique
por dentro de tudo que acontece.