Programa Bom Negócio Paraná é lançado na Acit

Programa Bom Negócio Paraná é lançado na Acit

 

Oferecer capacitação e qualificação técnica ao micro e pequeno empresário, facilitar o acesso ao crédito e possibilitar a expansão e melhoria nos negócios. Esta é a proposta do Programa Bom Negócio Paraná, lançado em Toledo, na quinta-feira (29), na Associação Comercial e Empresarial (Acit).

Desenvolvido em parceria entre a Faciap (Federação das Associações Comerciais e Empresa­riais do Estado do Paraná), as Secretarias de Estado da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e a Fomento Paraná, o programa visa capacitar 12 mil empresários paranaenses.

Em Toledo, com a parceria da Acit, o programa beneficiará 500 empresários. Os interessados poderão fazer cursos na modalidade de educação à distância nas áreas de gestão, finanças empresariais, técnicas de negociações, entre outros. As capacitações, com média de 60 a 80 horas, serão gratuitas e voltadas aos pequenos empreendedores.

O presidente da Faciap, Rainer Zielasko, destaca que além de se capacitar para melhor administrar seus negócios, os empresários poderão ter acesso aos recursos do Banco do Empreendedor, da Fomento Paraná, com taxas mais acessíveis. "Com certificado na mão, os empresários terão taxas mais baratas. Por isso, acreditamos que este crédito dirigido será melhor aplicado, com taxas que poderão ajudar o micro e pequeno empresário, no aumento da sua produção, na reforma da empresa, enfim, na área que for mais interessante." Para aqueles que não tem o curso, a taxa é maior, completa Rainer.

Conforme o analista técnico da Fomento Paraná, Richard Andrade Matos, o principal objetivo do Bom Negócio Paraná e dar oportunidade de capacitação e qualificação técnica aos pequenos empresários, em áreas voltadas à gestão de empresas.

Além disso, ressaltou que o empresário que apresentar o certificado da capacitação realizada terá acesso a uma subvenção na taxa de juros nos financiamentos equivalente a 5% ao ano. "Então, a taxa vem de 11 a 11,5% para cerca de 6 a 7% ao ano. É uma taxa bastante atrativa, para facilitar o acesso ao crédito e permitir que o empresário expanda seus negócios, melhorar a capacidade produtiva", frisa.
Para o vice-presidente da Acit, Danilo Gass, o programa é uma ótima oportunidade para os micro e pequenos empresários. "Também como pequeno empresário, entendo que é preciso nos preocupar com a formação, a busca constante de atualização, para conseguir nos manter no mercado, cada vez mais competitivo. Além disso, ainda há a oportunidade de ter acesso a recursos com juros subsidiados", comentou.

Como funciona

Os cursos serão disponibilizados através do portal www.capacitando.net/eadfaciap, plataforma de educação à distância da Faciap. As capacitações, com média de 60 a 80 horas, serão gratuitas e voltadas aos pequenos empreendedores.

Para participar o empresário deve retirar um e-card que será oferecido pela Acit. O cartão possui um código bônus liberando o acesso ao curso escolhido.

Após o lançamento do Programa Bom Negócio, em Toledo, o casal de empresários Simone e André Felix da Silva, do setor de perfumaria, foram os primeiros a pegar o e-card. "O aprendizado é importante e vamos escolher um curso que seja mais interessante. Depois pretendemos pegar recursos, com essa taxa mais baixa, que facilita para trabalhar de forma mais tranquila e buscar melhorar a empresa", disse André.

Os empresários interessados em fazer as capacitações podem solicitar o e-card no Setor de Atendimento ao Associado, na Acit. O prazo para fazer a matrícula é até 30 de julho. Mais informações pelo telefone (45) 3055-4618.

 

REDES SOCIAIS

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e fique
por dentro de tudo que acontece.