Núcleo de Imobiliárias conhece Plano Diretor municipal

Núcleo de Imobiliárias conhece Plano Diretor municipal

A cidade de Toledo vem expandindo rapidamente nos últimos tempos. Para organizar esse crescimento, o município conta com uma lei denominada Plano Diretor. Ele é o principal instrumento de gestão do município, além da Lei Orgânica. O Mapa de Zoneamento que consta no Plano foi apresentado para os corretores das imobiliárias que compõe o Núcleo Setorial de Imobiliárias, da Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit), na terça-feira (30).

Segundo o coordenador do Núcleo, Vanderlei Goetemms, o objetivo da apresentação foi deixar os corretores preparados e informados para atender as necessidades e satisfazer as expectativas dos clientes. “A ideia é trazer conhecimento para os corretores. É necessário que o corretor entenda o Plano Diretor que define os zoneamentos do município, a questão de uso e ocupação de solo, potencial construtivo do terreno, para que lado a cidade vai crescer, ou quantos pavimentos podem ser colocados naquele determinado zoneamento e se aquele terreno vai atender as expectativas do investidor”, afirmou.

Vanderlei explicou que a preocupação do Núcleo é para que o produto certo seja destinado a pessoa certa e para isso, também se deve entender o perfil do investidor. “Dependendo da necessidade da compra do imóvel, se é para moradia, para comércio, construir um prédio, enfim, o corretor deve saber qual é o local mais indicado e para o investidor saber como a cidade se desenvolverá no futuro, antes de adquirir o imóvel”, comentou.

Quem apresentou as informações para os empresários foi o Diretor de Planejamento, Gilberto Chmulek e o engenheiro da prefeitura de Toledo, José Carlos de Jesus. Segundo Gilberto, é muito importante deixar ciente, não apenas os corretores, mas toda a população sobre as definições de zoneamento contidas no Plano Diretor do município. “Em uma zona residencial não podem haver indústrias, então é fundamental que o cidadão saiba qual é o destino que a propriedade pode ter.”

Gilberto também comentou que foi apresentada a legislação vigente e também a do novo Plano Diretor Toledo 2050, que está em fase de elaboração. “Estão sendo programadas reuniões e audiências públicas para setembro e outubro, para que no máximo até o início de novembro o Plano tenha sido votado na Câmara dos Vereadores”, explicou.

Conforme o coordenador do Núcleo Setorial, o novo Plano Diretor definirá em que direção o município irá crescer até 2050, o que representa um trabalho bastante elaborado, que também necessita da participação da população. “Até o momento o conselho foi conservador em levar o plano até os limites de rodovia e rios, mas agora é importante que os toledanos participem dessa definição de como serão destinadas as áreas no crescimento da cidade”, destacou Vanderlei.

REDES SOCIAIS

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e fique
por dentro de tudo que acontece.