‘Registro de marca’ foi tema no Iguassu Valley Toledo

‘Registro de marca’ foi tema no Iguassu Valley Toledo

No encontro desta semana do Iguassu Valley Toledo, foi a vez de falar sobre ‘Registro de Marca’. O assunto em pauta teve como foco a transformação de uma marca em patrimônio.

Quem abordou o tema foi Wagner Crosatti, da Defere Propriedade Intelectual. O objetivo do encontro foi alertar os empresários sobre o uso exclusivo de uma marca, com seu registro oficial concedido pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

Segundo Crosatti, o processo de apropriação de uma marca leva em média oito meses, desde a solicitação do registro até a concessão. “Há toda uma criteriosa avaliação. São verificados impedimentos legais quanto ao nome, se a marca já é registrada por terceiros, entre outros aspectos.”

Ele comenta que o serviço de registro de marca tornou-se bastante acessível e prático. “Era comum esse registro demorar até cinco anos, o que desestimulava o empresário, mas agora com a redução deste período, o processo está muito mais atrativo.  Temos visto, particularmente em Toledo, as empresas mais preocupadas em estar legalmente com essa apropriação de marca.”

Sobre o momento certo de transformar uma marca em patrimônio, Crosatti ressalta que é necessário pensar nisso antes mesmo de abrir as portas do negócio. “É importante que as atividades já sejam iniciadas valorizando o patrimônio criado. Quando a empresa está estabelecida se torna um pouco mais difícil, principalmente se e ao solicitar o registro, descobrir que deve trocar sua marca, pois já existe um registro com o mesmo nome, mas de toda forma é possível, dentro das legalidades previstas.”

Para o coordenador do Iguassu Valley Toledo, Márcio Pinheiro, o tema mais uma vez trouxe boas perspectivas aos participantes. “No meio empresarial há algumas características fundamentais para um bom funcionamento e uma delas é o registro de marca, que fortalece o negócio e traz segurança jurídica.”

Ele ressalta ainda que ao pensar no registro de marca, o interessante é fazer o seguinte questionamento. “E se alguém pedir para eu parar de usar minha marca que tanto lutei para construir?! Por isso, neste momento é importante tomar a decisão de procurar uma empresa especializada neste tipo de serviço”, conclui Márcio Pinheiro.

O próximo encontro do Iguassu Valley Toledo será na sexta-feira (08), a partir das 8h, no auditório da Acit. O assunto em pauta será sobre a startup toledana ‘Manfing’.

O evento é gratuito e aberto a todos os interessados.

 

REDES SOCIAIS

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e fique
por dentro de tudo que acontece.