Núcleo da Mulher Empresária recebe novas integrantes

Núcleo da Mulher Empresária recebe novas integrantes

O Núcleo Multissetorial da Mulher Empresária, vinculado à ACIT, têm ganhado destaque por ações de desenvolvimento empresarial e eventos que envolvem a comunidade, como campanhas do Mês das Mulheres, Setembro Amarelo, Outubro Rosa, entre outras. Com isso, chegou a hora de recepcionar novas integrantes que demonstraram interesse nas atividades da equipe.

O Núcleo conta agora com mais cinco empresárias, integradas na manhã de terça-feira (17). Agora, ao todo, o Núcleo é composto por representantes de 18 empresas, entre profissionais das áreas de odontologia, psicologia, beleza, marketing digital, consultoria empresarial, consultoria de imagem, corretoras de seguros, farmácia de manipulação, telefonia, lavanderia, clínica de fonoaudiologia, entre outros segmentos.

O primeiro contato foi de apresentação do Núcleo às novas integrantes. A coordenadora Raquel Gehlen foi quem falou sobre as atividades desenvolvidas, os eventos realizados até o momento e os planos para os próximos meses.

Ainda no encontro, as mulheres empresárias receberam uma minipalestra sobre Gestão Emocional, com a psicóloga e coach, Stela Dalla Vecchia Meneghini.

Ela falou sobre os benefícios da gestão emocional, as cinco emoções naturais (medo, afeto, raiva, tristeza e alegria), diferenças entre emoção e sentimentos, emoções aprendidas ao longo da vida, entre outros assuntos.

Stela ressalta como a gestão emocional pode impactar na vida das empresárias, que muitas vezes além de donas dos próprios negócios, possuem o papel de esposas e mães. “Com a gestão é possível conhecer as próprias emoções e as de quem está por perto, perceber a intensidade das emoções, perceber o que ocasiona cada gatilho de emoção, dar conta das próprias emoções, entender de que maneira as emoções influenciam as pessoas e assumir responsabilidades pelas consequências das emoções.”

Como benefícios no âmbito profissional, ela pontua. “Ser capaz de lidar com as emoções de modo a desenvolver sua qualidade de vida, ampliar os relacionamentos e criar possibilidade de troca de afeto entre as pessoas, tornando possível o trabalho em equipe, com espírito cooperativista”, conclui a psicóloga.

REDES SOCIAIS

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e fique
por dentro de tudo que acontece.