Iguassu Valley Toledo conhece a Startup EduBem

Iguassu Valley Toledo conhece a Startup EduBem

O encontro semanal do Iguassu Valley Toledo recebeu na sexta-feira (20), o tema EduBem – Educação disruptiva e metodologias ativas na pré-escola. A startup em fase de ideação, tem o objetivo de potencializar o desenvolvimento de crianças, através de uma metodologia que une tecnologias em brincadeiras, histórias e músicas.

O assunto foi apresentado pelos idealizadores do projeto, Sirlei Rossi e Rui Rossi. “Nós entendemos que o Iguassu Valley é um espaço muito apropriado de gente que tem uma boa formação e, que pode estar dando sugestões nessa fase de iniciação e mostrando caminhos pra nós melhorarmos o nosso negócio. Então, nosso objetivo é aprender”, conta Sirlei.

Educadora há 20 anos em uma escola particular de Toledo, ela comenta que a inciativa direcionada aos pequenos, de zero a 10 anos, funciona de forma ativa. “Tem sua fundamentação em histórias, brincadeiras e músicas. Nós selecionamos uma quantidade de brinquedos já estruturados, outros não estruturados, criamos histórias e personagens e desenvolvemos algumas músicas junto a isso. A criança participa e interage, tanto de forma individual, quanto em grupo, estimulando a criatividade, a motivação da criança e o encantamento, porque a criança precisa brincar. Essa é a forma de aprendizado.”

Segundo o coordenador do Iguassu Valley Toledo, Márcio Pinheiro, o tema vem ao encontro de um dos objetivos do grupo e também do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, o qual preside. “Para estruturar adultos pensantes e inovadores precisamos trabalhar na geração enquanto pequenos. Estimular o desenvolvimento e a criação de ideias, assim uma nova geração de inovadores irá surgir”, conclui.

REDES SOCIAIS

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e fique
por dentro de tudo que acontece.