Fomento Paraná e SGC firmam convênio

Fomento Paraná e SGC firmam convênio



As Sociedades de Garantia de Crédito (SGC) do Paraná e a Agência de Fomento do Paraná firmaram parceria na quarta-feira, dia 6, em Toledo. A iniciativa que possibilitará melhores condições para acesso ao crédito aos micro e pequenos empresários.

A formalização contou com presença do presidente da Fomento Paraná, Juraci Barbosa, do presidente da GarantiOeste, com sede em Toledo, Augusto Sperotto, do presidente da Federação das Associações Comerciais do Paraná (Faciap), Rainer Zielasko, do presidente da Associação Comercial e Empresarial de Toledo(Acit), Edésio Reichert, do prefeito de Toledo, Beto Lunitti, entre outras lideranças.

Por meio do convênio a Fomento Paraná poderá receber cartas de garantia, necessárias no processo de concessão de crédito e de linhas de financiamentos aos empreendedores .

Segundo o presidente da Garantioeste, Augusto Sperotto, com esta parceria os empresários terão acesso a dinheiro mais barato e com prazo mais longo e isso vai fazer a diferença nas empresas. “Com isso terão mais condições de dimensionar a melhora nas atividades, programar fluxo de caixa, fazer treinamento de colaboradores, enfim, tornar a empresa mais competitiva. Isso cria um círculo virtuoso nos negócios e faz a economia girar com maior velocidade”,  destaca.

Sperotto salienta também que a SGC atua de forma a orientar os empresários na hora de buscar crédito. “Fazemos o crédito assistido e este é outro diferencial. Se o crédito for negado, nossos técnicos vão até a empresa para diagnosticar onde estão as dificuldades e orientar para que possa ter  acesso aos recursos. Aos poucos, junto como sistema das associações comerciais, buscaremos atuar como agências de desenvolvimento local nas comunidades.”

Segundo o presidente da Fomento Paraná, Juraci Barbosa, a proposta é fomentar cada vez mais os negócios e facilitar o crédito aos empreendedores. Por meio da parceria com as associações comerciais, cooperativas de crédito e SGC, será possível facilitar o crédito ao empreendedor. “Com a parceria, temos a garantia do retorno do dinheiro investido, para manter o fundo rotativo e continuar emprestando. Com a diminuição do risco podemos baixar as taxas, por isso, temos os menores  juros do país, até mesmo em relação aos bancos públicos”, afirma.

 

Garantias

A Sociedade de Garantia de Crédito fornece às micro e pequenas empresas garantias para que possam ir aos bancos buscar financiamentos e a parceria  é mais um passo importante na democratização do crédito ", destaca o coordenador estadual de Acesso a Serviços Financeiros do Sebrae/PR, Flávio Locatelli.

Ao procurar um financiamento boa parte dos empresários de pequenos negócios não dispõe de bens suficientes para oferecer em garantia às instituições financeiras tradicionais, como os bancos. Razão pela qual, precisam do suporte de organizações como as sociedades de garantia, comuns em diversos países e em franca expansão hoje no Brasil. Das nove SGC constituídas no País, cinco estão no Paraná.

Ao fazer parte das SGC, os empresários passam a ter melhores ofertas nas linhas de crédito, melhores taxas e prazos estendidos, acredita o consultor do Sebrae/PR. "Todos os usuários do serviço têm orientação e acompanhamento para o uso dos recursos financeiros. Os empresários que contam com os acessos às linhas bancárias por vias normais, não contam com esse facilitador, que são as SGC", explica Locatelli.

Devido às orientações no uso de recursos e o aporte das SGC, as empresas usuárias das garantidoras de crédito têm mais facilidade em conseguir recursos com o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Em apenas um ano de operações das SGC no Paraná, 600 micro e pequenas empresas já foram beneficiadas e economizaram R$ 4 milhões em juros devido à redução das taxas oferecidas pelas instituições financeiras parceiras das SGC, fortalecendo dessa forma a economia local.

SGC no Paraná

O Estado tem três SGC em operação, a GarantiOeste, GarantiSudoeste e Noroeste Garantias. Elas atuam de forma regionalizada no atendimento a empreendedores e empresários de micro e pequenas empresas.

Segundo Locatelli, as regiões centro-sul e norte estão com SGC constituídas e devem entrar em operação ainda este ano. "Curitiba e Região Metropolitana também devem receber em breve uma unidade, mas ainda estamos na fase de projeto."

Assessoria de Imprensa da Acit e Sebrae

REDES SOCIAIS

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e fique
por dentro de tudo que acontece.