Femai surpreende expositores e visitantes

Femai surpreende expositores e visitantes

Realizada no Centro de Eventos Ismael Sperafico, em Toledo, a 3ª Feira de Máquinas, Automação e Indústria – FEMAI – movimentou o setor industrial do Oeste do Paraná entre os dias 19 e 21 de setembro. Visitantes de diversas regiões e até de outros países circularam pelos estandes da Feira e puderam conhecer as inovações e tecnologias que se destacam no mercado.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Toledo (ACIT) Edson Luiz Carollo denominou esta como uma das maiores feiras do setor no Paraná. “O projeto é maravilhoso e estamos vislumbrando que em pouco tempo será referência nacional”, e destacou o envolvimento dos expositores.

Foram mais de 60 empresas que apresentaram seus produtos e serviços, mostrando o potencial e surpreendendo o público. “A FEMAI alcançou fronteiras que não imaginávamos, com a vinda de pessoas de outras cidades e até de outros países. Mesmo sendo a terceira edição ela tem personalidade e está marcada no cenário regional”, ressaltou o diretor de Eventos da ACIT, Cézar de Césaro.

Entre os visitantes esteve um grupo formado por mestrandos de Tecnologia da Informação, da Universidade Federal do Paraná. “Gostamos de conhecer inovações que possam ser usadas em nossa área de atuação”, comentou o boliviano Miguel Aranda, que estava acompanhado do haitiano Bell Wisland e dos brasileiros Elias Dalgobo e Fernando Rigo.

Outro boliviano, o engenheiro químico Andy Avimael, aproveitou as férias para visitar a FEMAI. “Já conhecia a Feira e, desta vez, fiquei cativado pelas novas tecnologias apresentadas”.

Conhecimento na linha de frigorífico, automação, sistemas elétricos e de metalmecânica foi o que buscou o grupo de Medianeira. “Às vezes buscamos fornecedores em outros Estados e ver que têm empresas aqui em Toledo e na região que dispõem de diferentes tecnologias nos surpreendeu”, contou José de Medeiros Miguel, encarregado do setor de Eletromecânica da Frimesa.

Estudantes

Grupos de estudantes e acadêmicos também circularam pela FEMAI. A caravana de 30 alunos e dois professores do Instituto Federal do Paraná (IFPR) campus de Assis Chateaubriand esteve no pavilhão de exposição na sexta-feira, 20.

Para os estudantes tecnologias apresentadas como a impressora 3D servem de inspiração para os estudos e projetos futuros. “Vemos que temos capacidade de crescer ao notar os conhecimentos que são desenvolvidos na nossa região”, disse Leandro Marques.

A característica predominante dos visitantes no primeiro dia foi de compradores, investidores; na sexta-feira com mais estudantes, professores; e no sábado o público foi, em sua maioria, formado por famílias e trabalhadores que aproveitaram o dia de folga para conhecer o evento.

 

Expositores

Estreando na FEMAI, o Grupo Schumacher trouxe as três empresas para expor seus produtos e serviços. O diretor Maureu Benvenho acredita no potencial de fechar bons negócios após o evento. “A movimentação foi interessante e conseguimos divulgar nossas marcas”.

A proprietária da Inbrapel Cleonice Malheiro veio pela terceira vez apresentar sua empresa na Feira e ficou satisfeita com os resultados. “Fizemos muitos contatos, os clientes vieram nos prestigiar e a Feira superou as outras edições”.

 

Feira

A Feira contou com o apoio do Sicoob Oeste, Sebrae, Pontifícia Universidade Católica (PUCPR), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Universidade do Oeste do Paraná (Unioeste), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Coordenadoria Regional da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) e Prefeitura de Toledo.

 

REDES SOCIAIS

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e fique
por dentro de tudo que acontece.