Com o tema ‘Agricultura Digital’, Cojem recebe uma das 100 personalidades mais influentes do agronegócio

Com o tema ‘Agricultura Digital’, Cojem recebe uma das 100 personalidades mais influentes do agronegócio

A agricultura está em transformação e chegou a hora de adaptar-se às mudanças. Esta foi a ideia apresentada na palestra ‘A agricultura digital e o futuro da produção de alimentos’, realizada pelo Conselho do Jovem Empreendedor de Toledo (Cojem), na noite de quinta-feira (25), na PUCPR.

A palestrante Mariana Vasconcellos, eleita uma das 100 personalidades mais influentes do agronegócio e CEO da empresa Agrosmart, uma plataforma digital aliada à agricultura, que atua no monitoramento de plantações, fornecendo informações em tempo real e contribuindo na tomada de decisões dos agricultores.  Ela falou sobre sua carreira e o atual cenário da agricultura.

Segundo a profissional, acompanhar o mercado tornou-se uma questão de sobrevivência para o segmento. “Estamos em um contexto de transformação e quando não nos adaptamos e não adotamos aquilo que o mercado está adotando, acabamos ficando um passo para trás e algumas vezes até não conseguindo mais competir”, conta.

Entre as ferramentas tecnológicas que auxiliam os produtores na irrigação, aplicações, plantio e colheita, estão o monitoramento via sensores de chuva, umidade do solo, monitoramento meteorológico, previsão do tempo localizada, saúde da lavoura, caderno de campo, além do uso de satélites e drones, entre outras ferramentas.

Mariana Vasconcellos comenta que as mudanças estão movidas pela necessidade do aumento da produção, de forma sustentável. “Necessidade também em resposta às mudanças climáticas e ao mesmo tempo pela mudança do comportamento do consumidor. É muito interessante visualizar o produtor brasileiro, que já tem um perfil de ser adepto a tecnologia e a adoção está crescendo. Claro que existe uma curva de aprendizado e de implementação, mas com certeza o movimento que surgiu há três anos, está muito mais rápido e forte hoje”, ressalta.

Para o presidente do Cojem, Douglas Césaro, a palestra com uma proposta inovadora, que trata além do empreendedorismo, foi surpreendente. “É um assunto que tem foco na região oeste e só veio a agregar ao agronegócio. Toda a bagagem da palestrante e conhecimento que ela nos trouxe superou as expectativas. Podemos dizer que quem foi, saiu com uma outra visão sobre a agricultura e a forma de trabalhar”, frisa.

A palestra, realizada pelo Cojem, com parceria da ACIT, patrocínio Primato Cooperativa Agroindustrial e apoio Uniprime e Sebrae PR, recolheu ainda, a doação de alimentos não perecíveis. Os donativos foram destinados à Casa de Maria e entregues por membros do Cojem, na sexta-feira (26).

REDES SOCIAIS

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e fique
por dentro de tudo que acontece.