fbpx

Codet apresenta o mapeamento da empregabilidade em Toledo

16 de fevereiro de 2023

O levantamento é fruto do 1º Fórum de Estratégico de Empregabilidade promovido pelo Programa Oeste em Desenvolvimento no ano passado.

O Conselho de Desenvolvimento Econômico de Toledo (CODET) reuniu-se na manhã de quinta-feira (16) na Associação Comercial e Empresarial de Toledo (ACIT). No primeiro encontro do ano, a Câmara Técnica de Empregabilidade apresentou o Mapa do Emprego, que é fruto da discussão tratada pelo Programa Oeste em Desenvolvimento (POD) no 1º Fórum de Estratégico de Empregabilidade realizado em julho de 2022. Esse é o primeiro passo da construção de um cenário que retrate estrategicamente os dados que possam promover soluções e avanços.

Para o presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Mario Lopes dos Santos Neto, o desafio foi aceito durante o 1º Fórum de Estratégico de Empregabilidade e rendeu até agora um trabalho focado em levantar dados e entender a dinâmica do mundo do trabalho. “Estamos na fase de diagnóstico e para isso foi necessário ouvir os empregadores e também os colaboradores. O contato com os profissionais de Recursos Humanos também é essencial para que possamos entender de forma mais objetiva o motivo dos desligamentos e também a qualificação necessária para o preenchimento assertivo das vagas”, descreve o presidente.

“Percebemos um trabalhador que tem a preocupação com a remuneração na escolha da vaga, mas também entendemos que ela não é o único fator decisivo para a permanecia dele no seu posto de trabalho. Algumas questões como o ambiente de trabalho, relações interpessoais e até mesmo à distância de sua residência são fatores determinantes para que ele fique por mais tempo na empresa”, explicou o presidente Mario Lopes.

Mario Lopes afirma que esses dados serão essenciais para prospectar soluções para a empregabilidade. “Hoje temos o perfil do trabalhador muito mais definido e também o perfil das vagas. Essas informações nos permitem saber também o que falta de qualificação para os candidatos e o que o empregador precisa entender e otimizar para que a rotatividade diminua e com isso a geração de trabalho e renda possa seguir em pleno desenvolvimento”, destacou.

O diretor da Agência do Trabalhador de Toledo e integrante da CT de Empregabilidade, Rodrigo Souza, destaca que a intenção do Mapa do Emprego é a criação de um plano estratégico da empregabilidade de Toledo. “Isso só será possível no momento em que tivermos conhecimento do cenário, das principais demandas e dores do setor. Outro passo importante é reunir a sociedade organizada e promover uma conversa ampliada e focada em ouvir os atores e promover aquelas mudanças que são identificadas nesse processo de articulação”, relatou.

SUSTENTABILIDADE ECONÔMICA E SOCIAL – “Temos muito trabalho pela frente, mas a construção do Mapa do Emprego é a porta central de todos esses próximos passos. Temos que pensar a cidade e a Região de forma sustentável e isso inclui a perspectiva econômica e social. Ao mesmo tempo que auxiliar os geradores de emprego é economicamente saudável e necessário, temos que também avaliar o impacto de tudo isso nos mais diversos setores das nossas cidades”, finaliza Rodrigo Souza.

 

Texto: Assessoria de Imprensa Programa Oeste em Desenvolvimento (POD)

Foto: Assessoria de Imprensa ACIT