Acit orienta associados sobre a campanha “Seu nome, seu patrimônio”

Acit orienta associados sobre a campanha “Seu nome, seu patrimônio”

A Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit), por meio do departamento de SPC, realizou na manhã de quarta-feira (22) uma reunião de sensibilização dos empresários para a segunda etapa da Campanha "Seu nome, seu patrimônio".

A campanha estará vigente entre 1 de novembro e 10 de dezembro e tem como objetivo recuperar o cliente inadimplente. A primeira etapa, intitulada "Limpe a Gaveta", encerra nesta quinta-feira (23) e é voltada aos empresários, com objetivo de incentivar o registro no SPC das dívidas que estão acumuladas.

Para promover a segunda etapa da campanha serão feitas ações de conscientização, reunião de sensibilização com empresários, análise das regiões/bairros com maior índice de inadimplência, contato com empresas que realizam inclusão através da entidade.

Além do trabalho diferenciado no atendimento de balcão, para informar o inadimplente sobre a campanha, será realizado o SPC na Rua, aos sábados, nas regiões com maior índice de inadimplência.

O diretor de Informações Cadastrais da Acit, Claudenir Machado explica que a segunda etapa da campanha é voltada para o público em geral com restrição no SPC. "A entidade realizará algumas ações para que as informações sobre a campanha chegue até essas pessoas, e para que elas possam aproveitar a oportunidade para regularizar sua situação junto as empresas credoras, e possam realizar compras de final de ano", diz.

Claudenir completa que os empresários foram orientados a negociar as dívidas de acordo com o orçamento do devedor, dar condições especiais de pagamento e até descontos nos juros.

Segundo Celso Garicois, da empresa LM, o objetivo é fazer com que o inadimplente vá até a loja para regularizar sua dívida. "Vamos negociar de acordo com as condições do cliente, propor os melhores mecanismos para que ele possa liquidar essa dívida", explica.

Para Ana Roseti, da Móveis Dacasa, a campanha é importante porque o interesse da empresa é renegociar a dívida, então receber orientações é sempre válido. "A expectativa é positiva, pois com condições facilitadas e uma boa conversa conseguimos recuperar o cliente", destaca.

REDES SOCIAIS

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e fique
por dentro de tudo que acontece.