Acit organiza mobilização contra a corrupção

Acit organiza mobilização contra a corrupção

A Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit) promoveu reuniu com representantes da sociedade civil organizada do município para apresentar a proposta e solicitar apoio a uma manifestação programada para próxima quarta-feira (6).

A mobilização se constituirá em mais um ato do Movimento Brasil Mostra Sua Garra, contra a corrupção, a favor da moralização na gestão pública, em apoio ao Ministério Público na Operação Lava-Jato.

A proposta é que as empresas fechem as portas por uma hora, das 11h às 12h, e participem de passeata que acontecerá em trecho da Rua Barão do Rio Branco até a Praça Willy Barth, no Largo São Vicente de Paulo.

Conforme o presidente da Acit, Flávio Furlan, há uma apreensão por parte dos empresários e de toda a população quanto ao momento crítico na política e na economia e o ato é uma forma de demonstrar a indignação. “Fomos instigados pela Caciopar e Faciap a fazer mais algum ato dentro do Movimento Brasil Mostra sua Garra, como aconteceu em várias cidades, a exemplo de Londrina, com mais de duas mil pessoas na passeata, e nossos associados gostariam de expressar este sentimento; não aguentamos mais pagar o preço da incompetência dos governantes”, argumenta.

Conforme o diretor de Relações Institucionais da Acit, Jefferson Paulo Martins, a incerteza política gera incerteza na economia e os empresários estão preocupados, as vendas caíram, por consequência, os empregados também se preocupam, pois os empregos em jogo. “Os empresários têm levado esta preocupação à entidade, querem participar deste momento, e enquanto associação representativa, não podemos ficar de fora, temos que dar oportunidade de mostrar essa indignação”, frisa.

Ainda conforme o diretor, a Associação reuniu representantes das demais entidades, sindicatos, instituições, clubes de serviços e representantes da sociedade para avaliar e fomentar a participação no ato. “A Acit vai fomentar a participação para que as empresas participem e convidem colaboradores a aderir ao ato”, afirma.

O movimento é apartidário e tem como mote “Feche 1 hora para não fechar para sempre”. A concentração será na Rua Barão do Rio Branco, na esquina com a Rua Nossa Senhora do Rocio. As empresas dos bairros poderão fazer a manifestação em suas regiões ou se organizar para participar no centro da cidade.

REDES SOCIAIS

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e fique
por dentro de tudo que acontece.