Acit discute critérios para levar à comissão técnica visando abertura do comércio

Acit discute critérios para levar à comissão técnica visando abertura do comércio

Conduzida pelo presidente Claudenir Machado, membros da Diretoria da Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit) reuniram-se na manhã desta quarta-feira (01) para discutir pontos a serem levantados para a comissão técnica que vai elaborar um plano de contingenciamento com regras para abertura do comércio.

A Acit participa desta comissão, com dois representantes.  A comissão é  composta por técnicos que devem definir os critérios e cuidados que deverão ser seguidos nas diversas atividades econômicas de forma a criar as condições para a abertura consciente e necessária do comércio da cidade.

Em reunião do Centro de Operações de Emergências (COE) na terça-feira (31), o mesmo deliberou pela manutenção do Decreto 758/2020 onde estabelece restrições até o próximo dia 5 de abril, na qual o comércio permanece fechado.

A comissão está trabalhando no plano de contingenciamento e a proposta deverá ser analisada pelo COE.

Atuação da entidade

A diretoria da Acit tem buscado discutir junto ao COE medidas que possibilitem a reabertura gradativa do comércio. No dia 26, a entidade, juntamente com o Sindicato do Comércio Varejista (SINVAR), o Conselho de Desenvolvimento Econômico de Toledo (COMDET), o Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade de Toledo (SINCOESTE) e o SESCAP-PR formalizaram documento ao prefeito Lucio de Marchi, solicitando que se possibilitasse o retorno gradativo das atividades produtivas e econômicas do município, respeitando os cuidados fundamentais de higienização e de controle à aglomeração de pessoas.

A partir disso, dois representantes da Acit têm participado das reuniões do COE, para defender a necessidade de reabertura do comércio; participou também de reunião com o promotor público José Roberto Moreira; além disso, promoveu reunião com reuniões com as cooperativas de crédito no sentido de formatar linhas de crédito emergenciais para as empresas.

“Neste momento a prioridade é a vida, mas também entendemos que é preciso retornar nossas atividades comerciais e econômicas, com a reabertura do comércio de forma regrada, obedecendo todos os protocolos de saúde. Esta decisão não depende somente da Acit, mas sim de vários órgãos de saúde e do poder público, e estamos trabalhando para que isso aconteça, de forma responsável”, ressalta o presidente da Acit, Claudenir Machado.

REDES SOCIAIS

Receba nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e fique
por dentro de tudo que acontece.