Notícias ACIT

10/07/2013

Taxa de sobrevivência de empresas no Paraná é de 75%

Levantamento do Sebrae Nacional aponta que pequenos negócios superam dificuldades do início da atividade e conseguem se manter no mercado

A taxa de sobrevivência das empresas no Paraná é de 75%. Ou seja, de cada 100 empresas criadas no Estado, 75 em média sobrevivem aos dois primeiros anos de vida, considerado o período mais crítico para os negócios. O dado faz parte de um estudo realizado pelo Sebrae Nacional, nos 27 estados brasileiros, divulgado nesta quarta-feira, dia 10.

A legislação favorável aos pequenos negócios, com menos tributos e burocracia; o aumento da escolaridade no País, e por consequência também nas empresas; e o mercado nacional fortalecido, com mais de 100 milhões de consumidores, são apontados como fatores responsáveis pela alta na taxa de sobrevivência no Paraná e em outros estados.

O estudo analisou empresas criadas em 2007, a partir do processamento e da análise das bases de dados mais recentes disponibilizadas pela Secretaria da Receita Federal (SRF). Considerando que os pequenos negócios representam 99% dos estabelecimentos formais no Brasil, o estudo traça um raio-x da sobrevivência das micro e pequenas empresas.

O Paraná está em 10ª posição no ranking nacional de sobrevivência das empresas e Curitiba em 14ª no comparativo entre as capitais. O Estado ficou pouco abaixo da média nacional, que fechou em 76%, mas avançou desde a primeira edição do estudo Sobrevivência nas Empresas, de outubro de 2011, quando a taxa de sobrevivência das empresas paranaenses, criadas em 2006, era de 70%, frente a uma média de 73% no Brasil.

 

“Com os dados em mãos, e num trabalho que é permanente, estamos melhorando, ano após ano, os resultados da taxa de sobrevivência, o que representa maior longevidade dos pequenos negócios no Paraná, geradores de empregos e renda”, diz Vitor Roberto Tioqueta, diretor-superintendente do Sebrae/PR.

 

A taxa de sobrevivência, segundo ele, que já foi de menos de 50% há cerca de dez anos e que está em crescimento no Brasil, mostra uma melhor capacidade dos empreendedores e empresários de micro e pequenas empresas para superar dificuldades nos primeiros dois anos de negócio. Nesse período, a empresa ainda não é conhecida no mercado e tem poucos clientes.

 

“É um índice que pode melhorar ainda mais no Paraná, mas que, sem dúvida, representa um ótimo resultado, se levarmos em consideração as dificuldades enfrentadas pelos empreendedores que, muitas vezes, nessa fase inicial do empreendimento, ainda têm pouca experiência em gestão”, afirma o diretor-superintendente do Sebrae/PR.

 

Tioqueta também cita o planejamento, as finanças em dia, a inovação, o uso de indicadores, a prospecção de novos clientes, a formação empresarial e a análise de mercado como aspectos preponderantes para o êxito nos negócios. “Sobretudo em regiões altamente competitivas como o sul do País, onde sobreviver requer muita orientação e estratégia.”

Fonte: Sebrae/PR

10/07/2013

Reunião discute programação natalina em Toledo

Em encontro realizado pela administração municipal na sexta-feira (05) foram iniciadas as tratativas para as festividades de final de ano em Toledo. O encontro teve a coordenação do vice-prefeito Adelar Pelanka e contou com a participação de representantes de diversas secretarias municipais e da Associação Comercial e Empresarial (ACIT).

 

De acordo com o vice-prefeito Adelar Pelanka a intenção para este ano é fazer com que Toledo viva com muita intensidade o período natalino. “Precisamos resgatar o sentimento de Natal, ver as pessoas alegres, passeando com a família e aproveitando o momento agradável”, comentou Pelanka.

 

Na ocasião o diretor de Comércio da ACIT Marcos Destefeni apresentou o projeto Natal Encantado de Toledo que foi promovido pela entidade por alguns anos. Segundo ele, as peças montadas durante àquele período trouxeram um resultado muito positivo para a cidade atraindo pessoas de toda a região. O vice-presidente da ACIT Luiz Eduardo Guaraná também esteve presente na reunião e considerou oportuna a iniciativa da administração em realizar o debate em torno das festas de final de ano.

 

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico Edemar Rockenbach o governo municipal quer um final de ano com os enfeites de Natal embelezando toda a cidade. “Queremos estimular as entidades e a população para termos um belo Natal. Nós, da administração, também vamos fazer a nossa parte”, comentou. Para Rockenbach, este primeiro encontro foi realizado para expor as ideias e discutir de que forma serão feitos os trabalhos. A partir de agora as secretarias irão propor as ações que servirão de base para o projeto natalino que será apresentado ao prefeito Beto Lunitti.

Fonte: Assessoria de Comunicação da prefeitura de Toledo

 

Da

09/07/2013

ATENÇÃO ASSOCIADO QUE AINDA NÃO RETIROU OS NOVOS CARTÕES DA UNIMED!

Informamos que os cartões da Unimed dos associados da ACIT poderão perder a validade após o dia 15/07/2013.

Portanto, verifique o prazo de validade do seu cartão, e se necessário, o responsável pela empresa deverá comparecer à ACIT para retirar os novos cartões na sala térrea.

Em caso de dúvidas, ligue (45) 3055-4609. 

09/07/2013

Câmara aprova fim da multa de 10% do FGTS por demissão sem justa causa

A Câmara dos Deputados aprovou no último dia 3 o Projeto de Lei Complementar 200/12, do Senado, que extingue a contribuição social de 10% sobre todo o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), devida pelos empregadores no caso de demissão sem justa causa. A matéria, aprovada por 315 votos a 95, foi enviada à sanção presidencial.

O argumento dos defensores da proposta é que a multa, criada em 2001, já cumpriu o seu fim – a recomposição das contas do FGTS – e acabou se tornando um imposto extra. Segundo a proposta, a extinção será retroativa a 1º de junho de 2013.

A Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap) foi uma das entidades a atender à convocação da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) e compareceu na votação. O presidente Rainer Zielasko e o vice-presidente para Assuntos de Finanças e Patrimônio, Marcelo Bernardi Andrade, comemoraram a conquista.


O autor do projeto, deputado Laércio Oliveira (SE), conseguiu, na noite de terça-feira (02), que os deputados votassem contra o requerimento de urgência do PL 5844/2013, do deputado Arthur Lira (PP/AL), determinando que a multa de 10% sobre os depósitos do FGTS fosse destinada ao programa Minha Casa, Minha Vida.

Rainer destacou a mobilização em prol da extinção da multa pelos empresários. “Fizemos uma verdadeira força-tarefa junto aos Deputados da bancada paranaense em parceria com nossas Associações Comerciais. Tivemos também, no Congresso Nacional, uma conversa direta com os Deputados Osmar Serraglio, Eduardo Sciarra e Dilceu Sperafico, os quais se mostraram favoráveis a nossa causa. Já temos muitas contribuições que encarecem o Custo Brasil, portanto, essa é uma vitória do Associativismo”, comemorou.

 

05/07/2013

Melhoria no ensino: Acit integra grupo de estudos para debater o tema

A preocupação com os resultados da aprendizagem escolar foi um dos temas debatidos durante a reunião quinzenal da diretoria da Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit), na quarta-feira (3).

O tema foi apresentado pelo ex-presidente Edésio Reichert, que durante sua gestão procurou trazer conceitos novos e estratégicos como este para dentro da entidade. Após o retorno às atividades empresariais, ele mobilizou profissionais das mais diversas áreas e formou um grupo de estudos para levar adiante as discussões e fomentar ações nesta área.

Pesquisa recente realizada pela ONG Todos pela Educação, confirma índices já divulgados de que mais da metade das crianças brasileiras que cursam o terceiro ano do ensino fundamental estão defasadas em leitura. Em matemática, cerca de 67% das crianças não conseguem fazer contas básicas como deveriam na sua idade.

Segundo Reichert, este cenário traz sérias implicações para o desenvolvimento do país e é necessário enfrentar a realidade. “Como podemos sonhar com um país melhor, sem ter pessoas cultas e desenvolvidas? Não dá para aceitar que quase metade das crianças chegue ao quinto ano sem saber ler e entender e sem conhecimento básico em matemática. Esta melhora é absolutamente necessária, para termos bons profissionais nas nossas empresas e cidadãos melhores”, argumenta.

 

Grupo de estudos

 

O grupo de estudos realizou alguns encontros e foram convidados representantes da Secretaria Municipal de Educação, Conselho Municipal de Educação, Promotoria Pública, Núcleo Regional de Ensino, entre outras instituições. O convite foi estendido à Acit, que passará a integrar o grupo.

A proposta é discutir e implementar ações que melhorem a realidade escolar. “Esperamos fortalecer estas discussões. Não queremos atacar ou pretender resolver todos os problemas, mas focar alguns pontos que contribuam decisivamente para melhorar o resultado da aprendizagem dos alunos do ensino fundamental”, pontua Reichert.

Profissionais capacitados

De acordo com o presidente da Acit, Edson Carollo, a questão do ensino reflete no mercado de trabalho e cada vez mais as empresas veem dificuldades em encontrar mão de obra qualificada. “Vemos todos os dias empresários se queixando em contratar pessoas preparadas, por isso, entendemos que a entidade não pode ficar alheia a estas discussões”, ressalta.

Destaca ainda o reflexo social, tendo em vista que pessoas menos preparadas e qualificadas, tendem a receber menor remuneração. “Com menos qualificação para o mercado de trabalho, a tendência é que a qualidade de vida também fique comprometida. É sabido que as empresas estão dispostas a remunerar melhor os trabalhadores, porém, é preciso mais qualificação”, argumenta.

05/07/2013

Acit Estágios: vagas para estudantes

A Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit) comunica que dispõe de vagas para estágio, destinadas a estudantes.

As oportunidades são para acadêmicos das áreas de Administração, Ciências Biológicas, Economia, Engenharia Civil, Secretariado Executivo, Gestão Comercial, Processos Gerenciais e Técnico em Administração.

Os interessados podem procurar o serviço Acit Estágios, na sala de atendimento da entidade localizada no piso térreo do Edifício Centro Comercial Comunitário de Toledo. Devem levar currículo e documentos pessoais.

Mais informações podem ser conseguidas pelo telefone (45) 3055-4614 e 3055-4624 ou pelo e-mail estagio@acit.org.br